engage your senses

Dica 5: Não clique em links ou abra anexos em mensagens nas quais a fonte não parece ser confiável

عربى | Bahasa Indonesia简体中文 | Nederlands | Français | Deutsch | English
हिंदी | Magyar | 日本語 | Bahasa Melayu | Português | русский | Español


Precisamos da sua ajuda

Por favor, reserve 5 minutos e clique aqui para responder a pesquisa sobre cibersegurança

 

 


Os riscos

Os links ou anexos nos e-mails podem estar infectados com malware. Esse malware pode infectar seu dispositivo e destruir todos os dados.

Ele também pode espionar você e roubar dados confidências ou dinheiro (p.ex.: conta de e-banking).

Ou roubar senhas pessoais e de negócios e se passar por suas contas, enviando e-mails de spam ou infectando colegas e amigos com malware.


Dicas úteis

Sempre tenha cuidado com e-mails que tem um anexo ou link embutido: Mesmo se o emissor parecer familiar, sempre verifique duas vezes antes de clicar em um anexo ou link. Forjar a identidade de um amigo é um método poderoso que os hackers usam para injetar vírus nos seus dispositivos.

Baixe arquivos somente de fontes confiáveis. É comum que os hackers enganem você ao visitar websites falsos que parecem legítimos para roubar suas informações sensíveis (p.ex.: forjar o website do seu banco).

 

 

Sempre verifique se o website é seguro olhando a barra de endereço do seu navegador:
  

Sempre mantenha seus dispositivos atualizados e certifique-se de realizar o backup regular para reduzir a chance de perder informações se um malware infectar seu dispositivo.


Estatísticas assustadoras

95% de todos os ataques em redes corporativas são resultado de spear phishing bem-sucedido.

 

O custo médio de um ataque de phishing a companhias de médio porte é de $1,6 milhão. 76% das empresas relataram ser vítimas de ataque phishing em 2017.

30% das mensagens de phishing são abertas por usuários alvo e 12% deles clicam em anexos ou links malignos.

 

[Wombat Security]